GENSA/FACENSA DEMITE 30 TRABALHADORES


Até o momento, ao menos 30 funcionários foram demitidos da Gensa/Facensa, em Gravataí. A informação foi confirmada pela CNEC (Campanha Nacional de Escolas da Comunidade). A instituição informou que os desligamentos ocorreram em decorrência da crise econômica que se agravou nos últimos anos e que se justificaram pela redução no quadro de colaboradores e a readequação da nova carga horária.

Conforme o Sinpro (Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul), as demissões começaram a acontecer em dezembro. A metade dos demitidos são professores que, segundo o Sinpro, até agora não receberam o que a instituição deve a estes trabalhadores. Os funcionários demitidos já acionaram a justiça para receber a garantia de todos seus direitos, inclusive os salários de dezembro que não foram pagos pela instituição.

Concluo e pergunto: Com tantas obras civis de expansão na escola e faculdade de Gravataí fica contraditório não ter dinheiro para pagar os direitos trabalhistas dos funcionários. Estamos abertos as explicações da direção local, se desejar.