MONUMENTO AO “NADA” NO CENTRO DE GRAVATAÍ


Em frente ao museu Agostinho Martha, no centro de Gravataí, existe uma pracinha que era a antiga praça da Bíblia, onde algumas gestões passadas depositaram no local uma porção de bugigangas. Talvez, simbolizando uma tafona de fazer polvilho, entre outros objetos de difícil assimilação, como se aquilo fosse significar uma época da cultura agrícola da cidade.

Que coisa mais feia e mal cuidada! Um local abandonado, sem identificação e ocupando espaço nobre que bem poderia estar à serviço do lazer das pessoas ou até um símbolo da evolução como um monumento ao polo tecnológico bem desenvolvido na cidade. Claro, acho que o passado deve ser preservado, mas não com uma confusão de ferros velhos e madeiras sem identificação e, na minha opinião, zero em termos de valor histórico. Olha, o CTG Aldeia dos Anjos mereceria um monumento a suas múltiplas vitórias e apresentações internacionais.

Concluo: Por favor, prefeitura de Gravataí tirem essa coisa ridícula dali.